Feeling | Feeling Productions: Passo a Passo na construção de uma boa Produção de Moda #1
22244
post-template-default,single,single-post,postid-22244,single-format-standard,qode-social-login-1.0,qode-restaurant-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,select-theme-ver-4.4,side_area_over_content,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.7,vc_responsive

Feeling Productions: Passo a Passo na construção de uma boa Produção de Moda #1

Para uma produção de moda bem sucedida, a preparação é determinante. O planeamento de cada passo é decisivo para que no final o objetivo seja devidamente alcançado. Não só porque estamos a falar de uma campanha para uma marca, com um objetivo de atingir um público-alvo, mas também porque toda a equipa envolvida na campanha deverá estar em sintonia e bem ciente do que deverá ser feito para o alcance do resultado final. 

PASSO 1: O BRIEFING DO CLIENTE 

 

Este é o passo mais importante, o primeiro de todos. Se o briefing não estiver bem elaborado, se a marca não souber exatamente qual o conceito que pretende para a sua campanha, mais difícil será toda a equipa entender qual o resultado final que deverá atingir… e depois dará “asas” para diferentes interpretações.
Com o conceito da coleção em mãos – na maioria das vezes as campanhas começam a ser preparadas antes mesmo da produção das peças – o papel da marca é desenvolver um layout do que imagina para aquela campanha, cerca de 2 meses antes do deadline. É nesse momento que o cliente deve dizer se quer trabalhar com algum modelo específico, o que imaginou como plano de fundo e o estilo das fotos, além do budget disponível para o trabalho. Até a tipologia de catálogo deve ser considerado: se é na vertical, horizontal, quantas fotografias, design, até o tipo de papel. Tudo, nesta fase, deve estar devidamente pensado e idealizado. 
Pode acontecer a marca precisar de ajuda na elaboração deste briefing e uma boa agência/produtora deverá assumir essa função de consultoria, apresentando as melhores opções e soluções ao cliente, de forma a marca conseguir vislumbrar o resultado final que pretende para aquela campanha.
É um trabalho que pode ser feito em conjunto com a agência/produtora ou não, pode até ser elaborado pela equipa de marketing da própria marca. 

Depois de um bom briefing, vem o moodboard. Tem casos em que o briefing já é o moodboard, outros não. Esse moodboard será o “guião” para toda a equipa: o conceito das fotos, o styling, quais os modelos, o estilo da make-up, do hair style, quantas fotos, tipologia de fotos, locais, duração da produção … e até uma pré-montagem do catálogo final, caso haja um catálogo dessa produção. 

Digamos que o moodboard em produção de moda, é como se fosse o storyboard de um filme publicitário. 

 

PASSO 2: PRÉ-PRODUÇÃO EM AÇÃO   

 

Com o moodboard em mãos, o produtor começa a procurar possíveis locais para as fotos e a estruturar toda uma equipa para o dia da produção fotográfica.
Nesta fase é fundamental ter em consideração o orçamento disponível, porque é com esse orçamento que se poderá ir mais além ou não.
A equipa certa é crucial para definir o sucesso (ou não) da campanha de moda, já que escolhas equivocadas podem resultar num produto final inadequado para o público-alvo da marca.

 

Na próxima semana, seguimos com os 2 últimos passos! Até lá!

No Comments

Post a Comment